Conheça os principais desafios dos profissionais de TI

A Varonis tem ouvido seus clientes nos últimos anos, bem como líderes da indústria durante os eventos de tecnologia, e administradores e engenheiros de sistema responsáveis pelo dia a dia da TI. Com base nessas descobertas, selecionamos alguns desafios vividos pelos profissionais de TI que os fazem querer jogar tudo para o alto.

Em dezembro de 2015, a Varonis também aplicou uma pesquisa com os usuários para descobrir qual é a maior dor dos profissionais de TI atualmente. O resultado é que os usuários são a preocupação da maioria dos que responderam à votação (24%). Em segundo lugar, aparecem as novas tecnologias (18%) e, em terceiro lugar, problemas com gestão e dinheiro (14%).

Além da pesquisa, a Varonis navegou por fóruns de tecnologia, entre eles o Spiceworks, para checar o que os profissionais de TI estavam falando sobre seus usuários. O conteúdo dos debates parece ir ao encontro dos resultados da pesquisa sem nem mesmo precisarmos de muito esforço para achar bons exemplos como esses:

“Sim, eu tenho usuários malucos. Especialmente aqueles que chamam o help desk, mas se recusam a sair de seus notebooks para que possamos consertar o problema”.

“Meu momento favorito é quando eles acusam você de terem mudado sua senha porque não conseguem se lembrar do que estavam digitando nos últimos 30 dias para ter acesso ao sistema”.

“Como posso convencer um usuário a dizer o nome do seu computador?”.

“Obrigado. Eu acabei de ficar exausto com maneira como o usuário final trata os profissionais de TI”.

Confira outros problemas

Além dos problemas já citados, os usuários que responderam à pesquisa citaram outras dores do seu dia a dia, como as próprias violações de dados causadas pelos hackers (10%) e a burocracia para adquirir novos recursos (8%). A complexidade da rede foi citada por 6% dos participantes.

Os softwares da Varonis, como o Varonis DatAdvantage e o Varonis DataPrivilege permitem que a TI automatize processos essenciais do controle de acesso dos usuários aos dados corporativos. As plataformas ainda permitem extrair insights valiosos sobre dados não estruturados.

Com Varonis