Mantenha seus funcionários seguros em qualquer lugar

Sabia que quase 80% dos profissionais trabalham remotamente pelo menos uma vez por semana e 1,5 bilhões esperam trabalhar fora dos limites da empresa até 2020? A informação é de uma pesquisa da Frost & Sullivan divulgada recentemente. Essa tendência, apesar de melhorar consideravelmente os níveis de produtividade e o bem-estar do funcionário, deve gerar uma série de desafios em relação à segurança da informação. Ainda assim, será impossível para as organizações conter esse movimento.

Existem também outros desafios de segurança trazidos pelos funcionários. O mesmo estudo da Frost & Sullivan revela que mais de 80 bilhões de dispositivos conectados estarão em uso globalmente em 2025. Ou seja, o local de trabalho não é mais um ambiente aonde os funcionários vão trabalhar todos os dias e, por isso, os negócios precisam ser flexíveis – porém não tão flexíveis a ponto de seus dispositivos e dados se tornarem riscos para o negócio.

Diante deste cenário, negócios que não atualizarem suas ferramentas de segurança e inspecionarem as atividades de seus funcionários na web vão se tornar alvos muito atraentes para cibercriminosos com mais alto nível de expertise.

Com a ascensão cada vez maior de novos métodos de ataque mais avançados, as empresas precisam se atentar aos seus esforços em segurança da informação. Confira a seguir duas áreas essenciais para garantir a segurança das atividades de seus funcionários, mesmo que eles estejam a quilômetros de distância dos limites da empresa:

Dispositivos não são só notebooks

Os funcionários hoje usam múltiplos dispositivos todos os dias, incluindo smartphones, notebooks e até, em alguns casos, dispositivos wearables. A TI precisa garantir a segurança de todos esses novos dispositivos, especialmente porque analistas preveem que os smart watches terão uma alta taxa de adoção nas empresas nos próximos anos.

Além disso, as empresas precisam adotar políticas de bring your own device (BYOD), algo que continua sendo um problema quando os dados vazam. Um bom plano de BYOD inclui controles de ponto de acesso,  ferramentas de monitoramento das atividades dos usuários dentro dos dados e soluções de sincronização e compartilhamento de arquivos corporativos.

Ofereça flexibilidade ao usuário

Os funcionários da geração X e millennial cresceram diante de soluções móveis, como Wi-Fi, notebooks, mídias sociais e smartphones. Por isso, esperam ter acesso às informações em qualquer lugar, resultando em uma nova estrutura corporativa mais flexível e uma força de trabalho dispersa. Isso demanda soluções de software de colaboração e conexões de rede seguras.

Aplicações baseadas na nuvem oferecem flexibilidade para usuários mobile, mas também criam uma série de problemas de segurança porque os hackers podem invadir a rede para roubar as credenciais do usuário, interceptar dados durante a transmissão para a nuvem ou ter acesso a arquivos descriptografados.

A melhor maneira de proteger a rede contra essas ameaças é focar na segurança dos dados, entendendo o que deve ser protegido, onde está localizado e quais usuários têm acesso a eles. Assim, as organizações podem monitorar o acesso e entender as atividades do usuário em cada dado para identificar maus comportamentos ou ameaças infiltradas.

A Varonis tem uma solução para esses desafios. O Varonis DatAdvantage permite às empresas monitorar de perto as atividades e o comportamento dos usuários em relação ao uso dos arquivos da empresa, prevenindo vazamento de dados e auxiliando no gerenciamento de permissões e auditoria.